fbpx

Thomas Sowell

O economista, filósofo político e escritor que é um dos maiores liberais da Escola de Chicago da atualidade, Thomas Sowell, completa hoje 90 anos.

Nascido em 1930 no sul dos Estados Unidos enquanto leis de segregação racial ainda estavam em vigor, Sowell foi o quinto filho de uma empregada doméstica cujo pai morreu antes de ele nascer.

Sowell abandonou os estudos cedo e as dificuldades o levaram a ser criado por uma família adotiva até sua adolescência. A condição de vida, porém, não melhorou muito depois disso, e seus país adotivos decidiram buscar melhores oportunidades em Nova York, algo que muitas famílias negras faziam na época.

A relação conflituosa com sua mãe adotiva levou Sowell a buscar na justiça o direito de morar sozinho, mudando-se para um lar no Bronx para jovens sem teto. Pouco tempo depois conseguir alugar um apartamento, mas viveu uma vida de muita instabilidade, migrando entre um emprego e outro com um salário que mal pagava seu transporte e aluguel. Nesse período, teve acesso às obras de Marx e, diante de toda dificuldade enfrentada por ele até então, a adesão às ideias socialistas foi imediata.

Em 1951, com a eclosão da Guerra da Coreia, Sowell foi convocado pelos Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e, após sair das Forças Armadas, retomou os estudos em Nova York enquanto trabalhava em uma linha de produção de máquinas. Após concluir o ensino médio, ingressou na Howard University, instituição de ensino para negros.

Ao perceber que os estudos lá não eram levados a sério nem pelos professores nem pelos alunos, resolveu se candidatar para outras universidades em meio à forte cultura de segregação racial e, aos 24 anos, conseguiu entrar no curso de Economia em Harvard, onde sua tese foi sobre “O Capital”, de Karl Marx.

Após formado, buscou se aprofundar no estudo da ciência econômica, fazendo mestrado em Columbia e doutorado na Universidade de Chicago. Teve como orientador Milton Friedman, que foi um dos maiores liberais do século XX. Essa experiência fez com que Sowell abandonasse de vez as ideias marxistas que defendeu por uma década.

Atualmente, Thomas Sowell tem uma carreira de sucesso no meio acadêmico, como Pesquisador Sênior da Hoover Institution e como escritor, sendo autor de diversos livros que tratam de assuntos como sistema de cotas raciais, discriminação, diferença salarial entre grupos sociais e outros temas sob a ótica liberal.

Seu trabalho lhe rendeu, em 2002, a Medalha Nacional de Humanidades, uma homenagem aos que contribuem com um melhor entendimento sobre a humanidade.

O NOVO admira as conquistas de Thomas Sowell e, assim como ele, também defendemos ideias liberais baseadas em dados, fatos e evidências.

Receba nossas

novidades por

email