fbpx

Geórgia: como o país que há 27 anos era mais pobre que o Paquistão ficou mais rico que o Brasil?

▶️ Geórgia: um caso de sucesso

Após uma transição turbulenta de uma ex-república soviética para um país independente, a Geórgia emergiu como uma das economias com melhor desempenho econômico do mundo a partir de meados dos anos 2000.

Entenda como isso foi possível.

▶️ Do Paquistão ao Brasil em 27 anos

Em 1994, a renda por habitante na Geórgia era quase 4 vezes menor que a brasileira, comparável à do Paquistão. O país representava as ruínas do socialismo soviético: pobreza, corrupção e falência do estado.

Porém, entre 1995 e 2019, a renda cresceu em média 6,6% ao ano, um dos melhores desempenhos do mundo. Nesse período, o padrão de vida do cidadão foi multiplicado por 5 e ultrapassou o brasileiro em 2019.

▶️ Colapso e estabilização

Nos três anos que se seguiram à independência de 1991, o PIB do país caiu 65%. A instabilidade foi enorme até meados da década de 90. Entre 1992 e 1994, a inflação média girou ao redor de 7000% ao ano.

A situação só começou a se estabilizar em 1995, com a criação de uma nova constituição e moeda, a eliminação dos controles de preços e a redução das barreiras comerciais. No entanto, o país continuou sofrendo com a lentidão das reformas e a corrupção.

▶️ Revolução Rosa

A Revolução Rosa de 2003 abriu um novo capítulo na trajetória política e econômica da Geórgia. Ela foi provocada por protestos sobre as eleições parlamentares e levou à destituição do presidente Eduard Shevardnadze, marcando o fim da liderança da era soviética.

A Revolução Rosa desencadeou novas eleições presidenciais e parlamentares, que estabeleceram o Movimento Nacional Unido (UNM) como o partido dominante no poder.

▶️ Reformismo pós-revolução: combate à corrupção e reforma fiscal

A nova administração herdou uma economia frágil, um estado falido e uma administração corrupta e ineficiente. As primeiras metas do novo governo eram reverter o deficit público e combater a corrupção.

O sistema de impostos foi reformado e vários empresários e funcionários públicos corruptos do alto escalão foram processados, enviando um forte sinal de que a corrupção não seria mais tolerada

▶️ Reformismo pós-revolução: serviços públicos e ambiente de negócios

Em conjunto, reformas para melhorar a prestação de serviços públicos foram implementadas, começando com o objetivo, na época ambicioso, de expandir o acesso à energia elétrica para todos.

Também foram implementadas reformas para reduzir a burocracia e facilitar a vida de quem queria empreender e trabalhar, simplificando abertura de empresa, registros de propriedade, regulamentos comerciais e as metas para os governos locais.

▶️ Resultados do reformismo

Após anos contínuos de reformas, a Geórgia construiu um dos melhores ambientes para fazer negócios do mundo, com regras claras e segurança jurídica, que atraiu muitos investimentos externos.

Geórgia | Brasil

Ranking de Facilidade para fazer negócios: 7º | 124º
Ranking de Liberdade econômica: 12º | 143º
Crescimento da renda por habitante previsto até 2026: 35% | 11%

▶️ Trajetória dos dois países


🔸 O Brasil deve sempre se inspirar nas experiências que deram certo, e a Geórgia certamente é uma delas.

Sem reformas que facilitem a vida de quem quer trabalhar e empreender e tragam segurança jurídica, o Brasil continuará sendo deixado para trás.

Estamos atrasados.

Receba nossas

novidades por

email