Paulo Ganime defende redução ou até mesmo cancelamento do recesso parlamentar

Paulo Ganime defende redução ou até mesmo cancelamento do recesso parlamentar

Compartilhar

O recesso parlamentar inicia oficialmente em 18 de julho. Com uma pauta repleta de temas urgentes a serem votados no Congresso para acelerar o crescimento do país, o deputado federal do NOVO Paulo Ganime (RJ) disse ao O Antagonista ser contra o recesso parlamentar de julho e defendeu que em casos de votações urgentes, como a da reforma da Previdência, os dias de folga deveriam ser reduzidos ou mesmo cancelados.

 

“Por mim, não haveria recesso em julho no Congresso. Mas, já que existe, defendo que, em casos de urgência, ele deveria ser reduzido ou cancelado”, declarou o deputado.

 

O NOVO defende uma gestão responsável dos recursos públicos. Um dia de recesso custa caro aos nossos bolsos, é preciso priorizar para que o país inicie o processo de crescimento e desenvolvimento o quanto antes

 

Um NOVO Brasil já começou.

 

Foto: Talles Kunzier