Nota de Mateus Simões sobre ameaça de morte feita pelo vereador Welligton Magalhães

Nota de Mateus Simões sobre ameaça de morte feita pelo vereador Welligton Magalhães

Compartilhar

Como você deve ter acompanhado, na última sexta-feira a imprensa publicou alguns áudios que revelam palavras agressivas e ameaçadoras do vereador Wellington Magalhães contra mim e contra o promotor de Justiça Leonardo Barbabela.

 

Por conta da gravidade das mensagens divulgadas, que falam inclusive em utilização de armas para metralhar o meu gabinete, estou sob escolta policial constante e por tempo indeterminado, por decisão das autoridades de segurança. Além disso, para tornar efetivos os esquemas de segurança planejados, fui instruído a contratar um motorista e utilizar um dos carros colocados à disposição do meu gabinete pela Câmara Municipal.

 

Essa situação me deixa especialmente constrangido, claro. Não apenas por ter a minha liberdade e rotina afetadas, mas principalmente porque sempre critiquei o uso de carro e de motorista da Câmara, tendo recusado prontamente quando assumi o cargo de vereador. Infelizmente, entretanto, por determinação dos próprios órgãos de segurança, fui obrigado a rever esses pontos, mesmo que temporariamente.

 

Reafirmo: não vou retirar a denúncia contra o vereador Wellington Magalhães e confirmo a minha presença durante todas as audiências da Comissão Processante que, espero, será formada em breve para dar regular andamento ao processo de cassação.

 

Mateus Simões
Vereador de Belo Horizonte (NOVO)

 

foto: Juarez Rodrigues