Heni Ozi Cukier busca em outros países exemplos de penitenciárias para o estado de São Paulo

Heni Ozi Cukier busca em outros países exemplos de penitenciárias para o estado de São Paulo

Compartilhar

Durante o recesso parlamentar, o deputado estadual Heni Ozi Cukier (NOVO SP) visitou cinco presídios em três países – Suécia, Finlândia e Estados Unidos – para conhecer alguns sistemas carcerários.

 

 

 

Heni conversou com dezenas de detentos, diretores de prisões, guardas, agentes penitenciários, políticos e estudiosos. O deputado pretende usar esse conhecimento para trazer soluções e ideias para o sistema carcerário brasileiro. Para o parlamentar, a melhora da segurança no Brasil passa inevitavelmente pela reforma do sistema prisional.

 

Ao contrário do que muitos imaginam, todos os presídios (inclusive os Escandinavos), lidam com o problema do celular, drogas e facções criminosas, porém, a escala e seriedade do problema é completamente diferente do Brasil. Heni observou que prisões são “dimensões paralelas” construídas e administradas pela sociedade e servem a cinco propósitos:

 

1. Condenação de Transgressão
2. Punição ou retribuição
3. Dissuasão
4. Incapacitar crimes
5. Reabilitar ou ressocializar

 

 

 

Para Heni, uma das partes mais interessantes da  pesquisa e da viagem foram os diálogos com os presidiários. Quando falava que era do Brasil todos comentavam que nossas prisões são mais “problemáticas e perigosas”.

 

Segundo o parlamentar, no Brasil não é possível entrevistar um preso sem autorização do Judiciário. Entender a complexidade do sistema carcerário requer ouvir e descobrir mais sobre o ponto de vista dos presos: “Eu sempre acreditei no conhecimento, estudo e soluções testadas para resolver os grandes problemas. Sigo minha pesquisa para ajudar a reformar nosso sistema prisional”.

 

Imagens, divulgação e informações: Instagram e Facebook de Heni Ozi Cukier