Gilson Marques vota em separado contra PL que obriga os comércios a disponibilizarem um estatuto do idoso impresso

Gilson Marques vota em separado contra PL que obriga os comércios a disponibilizarem um estatuto do idoso impresso

Compartilhar

O deputado federal Gilson Marques (NOVO – SC), apresentou voto em separado contra o voto do relator no PL 34/2015, que obriga os comércios a disponibilizarem um estatuto do idoso impresso.

 

Segundo o deputado, trata-se de mais um projeto de lei com ótimas intenções, mas que despreza os resultados inócuos que serão produzidos. “São essas pequenas intervenções do Estado, com regras e mais regras, que transformam a vida dos empreendedores num inferno”, alertou.

 

O deputado Pompeo de Mattos (PDT), sensibilizado com os argumentos, solicitou que o PL volte à comissão de mérito, onde possa ser rediscutido.

 

“Um pequeno passo para um deputado. Um grande salto para um liberal”, comemorou Gilson Marques.

 

#NOVOnaPrática