fbpx

O Mercosul completou 30 anos

O Mercosul completou 30 anos!

Entenda como funciona e qual a importância deste bloco:

▶ O que é?

O Mercosul é uma organização intergovernamental, criada em 1991 para facilitar o fluxo de comércio, pessoas e capitais entre países da América do Sul. O bloco une, atualmente, Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A Venezuela é um membro suspenso e a Bolívia está em processo de adesão.

▶ Como funciona?

▪Livre circulação de pessoas e mercadorias

O Mercosul é um mercado comum onde todos os países membros adotam o livre-comércio entre si e uma tarifa externa única. O objetivo principal é integrar economicamente os países que fazem parte do Mercosul, além de dar maior poder de barganha para o bloco como um todo no comércio internacional. Há também a possibilidade de migrar sem a necessidade de visto ou passaporte, unificando o mercado de trabalho dos países e facilitando o turismo.

▶ Como funciona?

▪ Estrutura institucional

O Mercosul conta com órgãos básicos, consultivos e de apoio técnico. Ao total, entre grupos, conselhos e secretaria, são 7 os principais órgãos responsáveis pela gestão dos assuntos do bloco. Além desses, existem comissões, fóruns, comitês e tribunais específicos.

▶ Vantagens

A união de diferentes mercados permite que cada área se especialize no que faz melhor, gerando ganhos de produtividade para todos. Por exemplo, o Brasil pode exportar livremente eletrodomésticos para a Argentina e importar vinhos do Chile, um país associado.

O comércio aumenta a variedade para os consumidores e torna as empresas mais produtivas, impactando positivamente nos empregos e nos salários.

Em conjunto, os países do Mercosul representam um peso importante do mercado internacional, aumentando seu poder de barganha. Assim, podem negociar acordos mais favoráveis com outros blocos ou potências. Além disso, a livre circulação de pessoas também beneficia o setor de turismo em todos os países que compõem o Mercosul.

▶ Desvantagens

A principal desvantagem do Mercosul é a perda de certa autonomia comercial. Como o bloco aplica uma tarifa externa comum, qualquer rodada de abertura passa pela negociação entre todos os membros, o que pode dificultar o processo, seja pela burocracia ou por pressão de grupos de interesse em outros países.

▶ Reformas necessárias

Ainda há muito o que fazer para aprimorar o Mercosul. Por exemplo, o Brasil e a Argentina são as duas economias mais fechadas do G20, com as mais altas tarifas de importação. Apesar de internamente integrado, o Mercosul é externamente fechado. A agenda hoje necessária ao bloco é a de abertura comercial, tanto unilateral, pela redução da tarifa externa, como também fechando acordos com outros grandes blocos e países, para facilitar o comércio com o mundo.

▶ Estatísticas do Mercosul:

População: 295,5 milhões
PIB: $1,88 trilhões
Exportações: $251 bilhões
Importações: $176 bilhões
Peso no comércio brasileiro: 6,6% das exportações e 7,3% das importações

Receba nossas

novidades por

email