fbpx

Conheça o voto preferencial

Conheça o voto preferencial: um sistema que reduz o voto útil, estimula a participação política e enfraquece candidaturas radicais

▶️ Voto preferencial em discussão

Nosso deputado federal Tiago Mitraud é responsável pela emenda que propõe o Voto Preferencial e que será debatida na Comissão da Reforma Política na Câmara. Entenda como funciona o voto preferencial e as vantagens desse sistema em relação ao atual.

▶️ Desvantagens do sistema atual

O sistema atual estimula o chamado “voto útil” e fortalece a polarização. Nele, tendemos a votar não no candidato que melhor expressa nossas preferências, e sim naquele com maior possibilidade de vitória no segundo turno, em geral contra um candidato que rejeitamos ainda mais. Por haver a votação em dois turnos, há também maiores custos logísticos envolvidos.

▶️ Voto preferencial como alternativa

Para resolver os problema dos sistemas de votação convencionais, o voto preferencial vem ganhando cada vez mais destaque, e hoje já é usado nas eleições federais da Austrália e Irlanda. A nível subnacional, é utilizado na Nova Zelândia, Canadá e nos EUA. Neste sistema, ao invés de votar em apenas um candidato, o eleitor ordena os candidatos do mais ao menos preferido em uma lista.

▶️ Exemplo de funcionamento

Suponha que, em uma eleição utilizando o voto preferencial, existam 4 candidatos, Pedro, Paulo, Maria e Marta, e eles estejam distribuídos como primeira opção do eleitorado da seguinte forma:

Pedro: 40%
Paulo: 25%
Maria: 20%
Marta: 15%

Como ninguém atingiu mais de 50% dos votos, a candidata menos preferida, Marta, seria eliminada, e seus votos distribuídos entre as segundas opções de seus eleitores.

▶️ Exemplo de funcionamento

Agora, a lista dos que escolheram Marta como primeira-opção é consultada. Suponha que todos os que preferiam Marta tinham Maria como segunda opção. A distribuição de votos aconteceria da seguinte forma:

Pedro: 40%
Maria: 35%
Paulo: 25%

Nenhum candidato tem mais de 50% das preferências, então o processo seria repetido.

Analogamente, os votos de Paulo seriam distribuídos entre Pedro e Maria de acordo com a preferência dos eleitores que escolheram Paulo como primeira opção.

▶️ Vantagens do voto preferencial

Como se pode perceber, o sistema preferencial não fornece incentivos racionais para o voto útil. Se o candidato preferido de um eleitor obtiver poucos votos, o voto será transferido para o segundo da lista e assim por diante.

Nenhum voto é desperdiçado. Assim, há menos espaço para a polarização e mais espaço para candidatos moderados, que representem melhor o conjunto da sociedade.

▶️ Apenas um turno

Dispensar um segundo turno torna o sistema de Voto Preferencial ainda mais vantajoso do ponto de vista logístico e econômico. Em tempos de pandemia, dispensar novas aglomerações traz também benefícios sanitários. Ganha toda a sociedade.

O NOVO apoia o voto preferencial como ferramenta para aprimorar a democracia brasileira, enfraquecendo a polarização e o voto útil e fortalecendo a renovação política.

Receba nossas

novidades por

email