fbpx

7 medidas para melhorar a eficiência e qualidade da saúde no Brasil

7 medidas para melhorar a eficiência e qualidade da Saúde no Brasil:

▶ Atenção primária
Melhorar a atenção primária é fundamental para aprimorar o sistema de saúde, já que o cuidado contínuo ajuda na prevenção de doenças e no diagnóstico precoce, impactando positivamente na qualidade de vida do cidadão. Dessa forma, todo o sistema de saúde pode funcionar de forma mais eficiente, salvando vidas e economizando recursos.

▶ Uso de tecnologia⠀
É fundamental a utilização de tecnologias como as plataformas digitais para marcação de consultas e exames, além de registros de prontuários médicos com o histórico do paciente. Atualmente, as redes de saúde utilizam diversos bancos de dados que não estão integrados. Com a integração, é possível tratar o cidadão com maior eficiência e qualidade.

▶ Parcerias do SUS com o setor privado⠀
Os estudos mostram que os hospitais de gestão autônoma, como as Organizações Sociais de Saúde (OSS) – instituições filantrópicas privadas, sem fins lucrativos, responsáveis pelo gerenciamento de alguns serviços de saúde – são capazes de diminuir a rigidez da administração do Estado, concedendo mais autonomia à gestão, e resultando em maior eficiência. Estas parcerias já existem e devem ser replicadas. Trazer mais autonomia para as unidades de administração direta também é importante.

▶ Voucher saúde
O uso de vouchers saúde – um vale para ser gasto com plano de saúde – é capaz de expandir a cobertura médica aos mais pobres, seguindo o exemplo de países que deram certo. Dessa forma, mais pessoas teriam acesso à rede de saúde privada.

▶ Aprimorar a regulação dos planos de saúde
A atual regulação sobre os planos de saúde impõe muitas exigências até nos planos mais básicos, limitando a oferta de serviços personalizados. Assim, os planos de saúde ficam mais caros para o cidadão, mesmo que não queiram contar com algumas das opções que, atualmente, são obrigatórias. É preciso tornar a regulação mais flexível.

▶ Eficiência na infraestrutura⠀
Para ser eficiente, um hospital precisa ter entre 150 e 200 leitos. Porém, 80% dos hospitais brasileiros têm menos de 100 leitos. Hospitais pequenos podem ser convertidos em unidades de atendimento primário, concentrando e expandindo as atividades secundárias e terciárias em hospitais de grande porte. Consórcios de municípios podem definir em conjunto essas estratégias.

▶ Premiar o desempenho
As premiações por desempenho ainda são pouco utilizadas na rede pública de saúde. Para melhorar a eficiência, o sistema de pagamento deve ser reformado, premiando qualidade, produtividade e desempenho.
Essas são 7 ações para aumentar a eficiência e qualidade do sistema público de saúde.

Receba nossas

novidades por

email