Alexandre Freitas pede transparência dos órgãos públicos em Plenário

Alexandre Freitas pede transparência dos órgãos públicos em Plenário

Compartilhar

A transparência no uso do dinheiro do pagador de impostos é obrigação dos órgãos públicos.

 

O deputado estadual Alexandre Freitas (NOVO RJ) apresentou uma Emenda Parlamentar à Proposta de lei da Transparência, apresentada pelo deputado Eliomar Coelho (PSol), pedindo à Alerj que informe em seu site a lista dos assessores, onde cada um está lotado e seus respectivos salários, nos gabinetes de cada um dos 70 deputados.

 

No Executivo, o deputado oficiou o Detran, exigindo transparência sobre contratos. Alexandre também oficiou a concessionária Supervia, questionando sobre acessibilidade nas suas estações e sobre manutenção das calçadas, no entorno das estações, que são de sua responsabilidade.

 

Da mesma forma, foram oficiados o Tribunal de Justiça, a Defensoria e ao Ministério Público do Estado do Rio, requerendo informações salariais, extras e indenizações.

 

Chamou a atenção de Alexandre a forma negligente que o Judiciário respondeu ao ofício, tendo sido de um representante da população fluminense e intermediado pela Mesa Diretora de um dos Poderes Constituídos. A recente notícia sobre gastos com mestrado, demonstra que o Judiciário precisa de muito mais transparência na gestão do dinheiro do pagador de impostos.

 

 

“Você, cidadão fluminense, já não escolhe pagar impostos, o mínimo que podemos fazer é ter respeito e mais transparência com o seu dinheiro. Reiteramos: não é favor, é obrigação”, afirma o deputado.

 

Transparência, gestão e respeito ao dinheiro dos pagadores de impostos são valores fundamentais do NOVO. Os representantes do partido cumprem o papel fiscalizador, cabendo aos Poderes colaborar com as informações solicitadas.

 

Foto: Alerj/divulgação