fbpx

Com foco na melhoria do ensino, Governo de Minas propõe parceria entre escolas públicas e setor privado

Para melhorar a qualidade do ensino estadual, o Governo Zema começou a implementar um inovador modelo de gestão escolar conhecido nos Estados Unidos como “charter schools”, que consiste em escolas públicas administradas por entidades privadas. O modelo traz melhorias como autonomia administrativa, rigor técnico e redução de burocracias, além de permitir que a concorrência pelos editais referentes à administração das escolas ofereça as melhores práticas educacionais aos alunos.

Os editais do Somar — nome do projeto de escolas compartilhadas do governo mineiro — serão publicados nesta semana. O projeto vai começar a operar nas escolas E. E. Adelino Castelo Branco (Sabará), E. E. Maria Andrade Resende (BH) e E. E. Francisco Menezes Filho (BH) e atender, inicialmente, cerca de 2,2 mil alunos.

A expectativa da gestão mineira é reduzir a evasão escolar, melhorar os índices de aprovação e fazer com que o desempenho dos estudantes mineiros avance.

O Governo Zema mostra, mais uma vez, que uma administração pública técnica e eficiente beneficia alunos, professores e a sociedade como um todo.

Por Yann Santos

Receba nossas

novidades por

email