Edson Passos

Edson Passos

Bairro: Santo Amaro

São Paulo

São Paulo

Biografia

Advogado, 49 anos, casado, 3 filhos, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV e University of Tampa / EUA, atualmente cursando pós graduação em Direito Processual Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Com passagens por empresas multinacionais e nacionais de grande porte, como HP , NEXTEL, Mitsubishi, Thomson Reuters. Cansado de muitas promessas e poucas cumpridas, decidi engajar-me com as questões da região onde moro e trabalho, cobrando do poder público a conclusão de obras inacabadas e suas respectivas compensações ambientais, um dos líderes e membro fundador da associação de bairro, (AMOVIC  ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DA VILA CRUZEIRO E REGIÃO) participante ativo das audiências públicas que discutiram as  aprovações do último plano diretor, além de forte atuação junto ao CONSEG (conselho de segurança) tomei a atitude de filiar-me ao Partido Novo para contribuir com a boa política de verdade, que combate privilégios e que tem como força motriz o “servir ao cidadão paulistano” apresentando através da política partidária projetos que dinamizem a nossa cidade, e que desenferrujem as engrenagens viciadas da velha política, combatendo acima de tudo os privilégios do âmbito municipal.

Motivação

Nossa cidade há tempos vem sofrendo com os desmandos governamentais e pouca eficiência legislativa de nossos vereadores, dentre as causas, destaco um insistente enfrentamento ideológico que relega a segundo plano quem realmente interessa, ou seja, sua Excelência o Cidadão Paulistano. Vereadores profissionais que se perpetuam no cargo, e só aparecem em época de eleição, quando escrutinados que são acerca de suas respectivas produções legislativas, o que se vê em rápida pesquisa no site da câmara municipal, via de regra são projetos majoritariamente que concedem benefícios antirrepublicanos a toda sorte de servidores, um reajuste aqui, um benefício adicional acolá. E a saúde, educação, transporte público, projetos desburocratizantes para o empreendedor ficam em segundo plano (quando ficam). O debate sobre a saúde, aproveitando a visibilidade que a pandemia do COVID-19 trouxe não pode arrefecer, projetos perenes e políticas de estado devem ser aprovadas para um sistema mais amplo, descentralizado e de qualidade que atenda a todas as regiões dessa imensa cidade. Tenho a convicção que a política, muito demonizada nos últimos anos, por falta de bons políticos, é ainda a única saída para melhorar a vida das pessoas, especialmente nas cidades, já que são nelas que trabalhamos, e criamos nossos filhos. Como filiado trabalharei com afinco para ajudar o Partido Novo a entregar ao munícipe esses e outros projetos de relevância, farei do meu múnus, um projeto de servir e não de ser servido pela coisa pública.

CONTATO