VEJA OS DIFERENCIAIS DO NOSSO ESTATUTO

LIMITAÇÃO AO “CARREIRISMO POLÍTICO”:
É vetado ao filiado eleito para cargo no Poder Legislativo que se candidate a mais de uma reeleição consecutiva para o mesmo cargo;

GESTÃO INDEPENDENTE:
A gestão partidária não pode ser feita por candidato ou por ocupante de cargo eletivo;

NÃO HÁ COBRANÇA DE PERCENTUAL DO SALÁRIO DO MANDATÁRIO:
A contribuição partidária mínima é igual para filiados e candidatos eleitos.

INDEPENDÊNCIA DOS SUPLENTES E VICES:
Ambos são escolhidos em convenção, de modo independente da candidatura ao cargo principal;

VINCULAÇÃO DO CANDIDATO ÀS SUAS PROPOSTAS:
Definição prévia do Compromisso de Gestão e do Compromisso de Atuação Legislativa, prevendo metas a serem cumpridas;

SUPORTE AO CANDIDATO:
Criação de um orgão de apoio e controle, que desenvolverá técnicas, métodos e padrões de atuação que resultem na maior eficiência das atividades do candidato.