alexandrefreitas
Nascido em Brasília, é carioca desde pequeno. Casado com uma professora de matemática, tem 34 anos. É advogado desde 2011 e atua na área cível, consumidor e penal. Foi membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ e da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Estado do Rio. Advogou pelo escritório Rebelo dos Santos Advocacia e atualmente dedica boa parte do seu tempo ao NOVO, para tornar o nosso Brasil um país admirado. Também já empreendeu na cidade do Rio de Janeiro e em breve pretende ser pai.

Sobre

Quem é

Nascido em Brasília, é carioca desde pequeno. Casado com uma professora de matemática, tem 34 anos. É advogado desde 2011 e atua na área cível, consumidor e penal. Foi membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ e da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Estado do Rio. Advogou pelo escritório Rebelo dos Santos Advocacia e atualmente dedica boa parte do seu tempo ao NOVO, para tornar o nosso Brasil um país admirado. Também já empreendeu na cidade do Rio de Janeiro e em breve pretende ser pai.

Por que quer ser candidato

Como voluntário pude colaborar para a criação do NOVO e ao longo desse processo, conheci pessoas verdadeiramente comprometidas e motivadas em mudar o rumo da política do nosso país. Com a experiência de quem já empreendeu e convive diariamente com a ineficiência estatal, sei bem como o Estado pode atrapalhar a vida do cidadão e consumir o tempo e as energias de quem fica refém da burocracia do Estado. Quero ser candidato porque acredito que o Rio pode ser mais barato, seguro e eficiente para as pessoas que vivem, trabalham e querem se divertir em nossa cidade. Quero ser candidato para poder ajudar a construir esse novo Rio de Janeiro, o Rio que desejo para os meus filhos.

O que vai fazer

Vou atuar para impor limites à interferência do Estado na vida do carioca e combater os privilégios e o desperdício com o dinheiro de quem paga impostos. Quero aprovar a obrigatoriedade de foto em todos os processos administrativos que possam resultar em multa para o cidadão. Quero acabar com o loteamento de vagas nas ruas públicas para agentes públicos que não exerçam atividade ostensiva. Trabalhar pela admissão do flagrante preparado nos processos administrativos disciplinares contra servidores públicos e propor a revisão das leis municipais, além de permitir que qualquer cidadão possa requerer a extinção de lei que não apresente bons resultados práticos. Na educação quero poder lutar para implementar o sistema de vouchers e dar poder de decisão administrativa aos pais e alunos de escolas públicas.

Fale com Alexandre Freitas

Outros candidatos: