AGNES-CHIURATTO
"Como todos os brasileiros, assisti impotente a crescente degradação econômica e política do país. Porém, acredito que só reclamar não resolve – é preciso tomar uma atitude para mudar essa realidade. Nessas eleições, quero colocar à disposição da sociedade meu conhecimento em Urbanismo, tão relevante para a esfera municipal que lida com os aspectos cotidianos e práticos da cidade."

Sobre

Quem é

Arquiteta Urbanista formada pela USP (mestrado – 2015 e graduação – 2010) com especialização em patrimônio cultural e planejamento urbano. Trabalhou com gerenciamento e fiscalização de obras comerciais e residenciais, além de projetos na área de restauração de edifícios históricos. Hoje dedica-se à sua microempresa no ramo de design de móveis. Morou em Pirituba (Zona Oeste) durante 29 anos e recentemente mudou-se para a Vila Mariana (Zona Sul). É voluntária há 3 anos em uma ONG que cuida de animais de rua em São Paulo.

Porque quer ser candidata

Assim como muitos brasileiros, assistiu impotente a crescente degradação econômica e política do país. Porém, apenas reclamar não é o suficiente – é preciso tomar uma atitude para mudar essa realidade. Viu, na candidatura à Vereadora, uma maneira de canalizar sua inquietação de forma produtiva. Quer colocar à disposição da sociedade seu conhecimento técnico em urbanismo, tão relevante para a esfera municipal devido a proximidade com os aspectos cotidianos e práticos da cidade.

O que vai fazer

Realizar uma gestão baseada em evidências técnicas, aproveitando sua formação para promover o desenvolvimento cultural e econômico, principalmente das seguintes formas: 1) aumentar eficiência na zeladoria e qualidade de vida urbana na escala distrital (segurança, lazer, acessibilidade, etc); 2) revisar normas que regulam uso do solo urbano (Código de Obras, Plano Diretor, Lei de Zoneamento, etc), 3) coletar e divulgar dados que ajudem startups a criarem tecnologias que contribuam para a gestão de problemas urbanos, 4) estimular o uso de prédios históricos (públicos e privados) subaproveitados na cidade por micro e pequenas empresas (especialmente startups).

Fale com Agnes Helena

Outros candidatos: