Doze razões que fazem do NOVO um partido único na cena política brasileira

Doze razões que fazem do NOVO um partido único na cena política brasileira

Autor:


12 Razões

O NOVO é diferente de tudo que você já viu em termos de partido político no Brasil. Ele possui vários elementos diferenciais em sua estrutura de organização e seu estatuto. Confira alguns:

1. O NOVO É FICHA LIMPA.

Não apenas os candidatos, mas todos os filiados devem preencher os requisitos da Lei da Ficha Limpa.

2. NÃO AO “CARREIRISMO POLÍTICO”.

É vedado ao candidato eleito para cargo no poder legislativo se candidatar a mais de uma reeleição consecutiva para o mesmo cargo.

3. SEM POLÍTICOS PROFISSIONAIS.

Não existem políticos no NOVO; existem profissionais como médicos, economistas, engenheiros, comerciantes e professores. Todo o trabalho de organização do partido é feito por voluntários.

4. GESTÃO INDEPENDENTE.

Dentro do NOVO, é vedado ao gestor partidário ser candidato ou ocupante de cargo eletivo.

5. ISONOMIA DE CONTRIBUIÇÃO.

No NOVO, a contribuição partidária mínima é igual para filiados e candidatos eleitos, sem cobrança de percentual do salário do mandatário.

6. VINCULAÇÃO DO CANDIDATO ÀS SUAS PROPOSTAS.

O NOVO exige a definição previa do compromisso de gestão e de atuação legislativa, prevendo metas a serem cumpridas e cobrando, com rigor, a execução dessas metas.

7. DEFENSOR DAS IDEIAS LIBERAIS.

O NOVO defende a diminuição do poder do Estado, limitando sua ação a setores básicos como Saúde, Educação, Segurança e Infra-Estrutura, para que estes sejam oferecidos realmente com boa qualidade.

8. CONTRA O FUNDO PARTIDÁRIO.

Você sabia que sustenta, com seus impostos, partidos com os quais não se identifica? O NOVO defende que os partidos sejam financiados apenas por seus filiados, sem utilização de recursos dos impostos do cidadão para este fim.

9. RESPEITO PELO DINHEIRO PÚBLICO.

Sabemos que o contribuinte é o único gerador de riquezas para um país. Portanto, os recursos devem ser usados da melhor forma possível, e sempre em atividades prioritárias.

10. RESPEITO PELAS LIBERDADES INDIVIDUAIS.

O NOVO acredita no valor fundamental das liberdades individuais, incluindo direitos e deveres. E que o estado não deve ser uma babá, que precisa nos proteger de nós mesmos: cada indivíduo é mais capaz de tomar boas decisões sobre a sua vida do que o governo.

11. ACREDITAMOS NO LIVRE MERCADO.

Acreditamos que no livre mercado – onde as trocas são feitas de maneira espontânea – os serviços são melhores do que aqueles ofertados pelo Estado, dados os mesmos custos.

12. O INDIVÍDUO COMO AGENTE DE MUDANÇAS.

As mudanças e reformas que queremos promover têm o indivíduo, através da sua atuação e do voto consciente, como principal responsável. O direito de criticar deve ter como contrapartida o dever de participar.

Agora que você já conhece os diferenciais do NOVO, conheça as ideias dos candidatos a vereador na sua cidade clicando aqui.


Deixe seu comentário